fbpx
Nacional

Vice-prefeito de Sumaré quebra radar móvel e publica vídeo na internet

O vice-prefeito de Sumaré (SP), Henrique Stein Sciascio, o “Henrique do Paraíso”, utilizou sua página oficial em uma rede social para fazer um vídeo nesta quinta-feira (21) onde aparece chutando e quebrando um radar móvel instalado na avenida Fuad Assef Maluf, na região do Jardim Picerno. As informações são do G1.

“Na minha cidade, não!”, grita o político, que diz agir a mando do prefeito, Luiz Dalben, e determina ao secretário de transportes que retire todas as “porcarias móveis” da cidade.

Ele ainda leva o equipamento e avisa. “Retira dentro do meu gabinete, que eu quero ver quem vai retirar.”

 

O vice-prefeito ainda diz aos funcionários da empresa responsável pelo radar que o sistema de monitoramento móvel “não é moral”.

“A gente tem que fazer uma fiscalização justa, digna e com moralidade, não fazer isso aqui, não.”

O político leva o equipamento até a caçamba de uma caminhonete e a transmissão é encerrada.

Ainda segundo o G1, a Prefeitura de Sumaré emitiu uma primeira nota, às 17h57, em que afirma que “o vice-prefeito é responsável pelos seus atos” e que o prefeito ainda não havia assistido ao vídeo. Às 20h16, a Prefeitura emitiu nova nota, dizendo que ao término de sua agenda de compromissos, o prefeito Luiz Dalben tomou conhecimento do vídeo e convocou o vice ao seu gabinete “para prestar esclarecimentos.”

“Isso porque havia uma determinação anterior do prefeito Luiz Dalben, para que o vice fosse até os locais onde os aparelhos estavam instalados e retirasse os radares móveis das vias. Entretanto, o vice explicou ao prefeito que, ao ouvir as reclamações dos munícipes e a falta de transparência na colocação do aparelho – o que vai contra os princípios desta Administração – exaltou-se e acabou tomando a atitude registrada na gravação”, diz o texto.

O comunicado termina afirmando que prefeito e vice ressaltam que o objetivo, “que era retirar os radares móveis, foi cumprido”. “A Prefeitura preza por uma gestão clara e transparente e trabalha para oferecer serviços que não prejudiquem os moradores”, completa a nota.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.