Economia

Vendas online dão fôlego aos pequenos negócios

A maioria das empresas (57,7%) que conseguiram aumentar as vendas no período da pandemia investiram nessa modalidade

Entre os pequenos negócios mineiros que conseguiram aumentar as vendas no período da pandemia – apenas 4,2% do total de empresas pesquisadas no estado – a maioria (57,7%) afirma ter melhorado os resultados por terem investido nas vendas online. É o que mostra a 4ª edição da pesquisa O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios, realizada pelo Sebrae entre 29 de maio e 2 de junho.

O levantamento mostra que a maior parte dos pequenos negócios mineiros (59%) vendem online, seja por meio das redes sociais, aplicativos ou internet.  Deste percentual, 45% disseram que já vendiam online antes da pandemia, mas 14% passaram a vender nessa modalidade depois da crise. O WhatsApp é a principal ferramenta de venda para a maioria dos entrevistados (84,3%), seguido pelo Instagram (55,2%).

O número de pequenos negócios que investiram em vendas por meio de site próprio aumentou significativamente em relação ao último levantamento feito pelo Sebrae: de 5% para 14,7%. Já as vendas por telefone e aplicativos móveis como, iFood, Uber Eats, Rappi, GetNinjas e outros, caiu de 10% do total de empresas ouvidas na terceira edição da pesquisa, realizada entre 30 de abril e 5 de maio, para 7,9% na 4ª edição.

A pesquisa ouviu 481 empresas em Minas Gerais e 7.403 empresas no Brasil. Mais da metade (51%) da amostra do estado atua no setor do comércio, 40% em serviços, 4% na indústria e 3% na construção civil.

 Vendas online 

Você vende utilizando redes sociais, aplicativos ou internet, por exemplo, Whatsapp, facebook, instagram, etc.

Sim, já vendia antes da pandemia: 45%

Não, não sei como isso se aplica ao meu negócio: 19%

Não, mas gostaria em breve: 16%

Sim, passei a vender por causa da crise: 14%

Não vendo e nem pretendo: 6%

Por qual desses canais você vende?

WhatsApp: 84,3%

Instagram: 55,2%

Facebook: 48,2%

Site próprio: 14,7%

Vendas por telefone e aplicativos móveis (iFood, Uber Eats, Rappi, GetNinjas e outros): 7,9%

 

Assessoria de Imprensa Sebrae Minas

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios