Internacional

Terremoto nas Filipinas deixa pelo menos um morto e 43 feridos

Pelo menos uma pessoa morreu e 43 ficaram feridas após um tremor de magnitude 6,6 na escala Richter que atingiu hoje (29) a ilha de Mindanao, no sul das Filipinas, anunciaram as autoridades locais.

Um homem de 66 anos morreu em Korondal, na província de Cotabato do Sul, devido a um traumatismo craniano, indicou o Gabinete de Defesa Civil, que confirmou ainda 30 feridos em Kidapawan e 13 em M`lang, em Cotobato do Norte.

Não são ainda conhecidos os danos causados às moradias e sistemas de infraestrutura, mas as autoridades avisaram que prevêem “danos significativos” e eventuais réplicas.

O epicentro do sismo, de “intensidade destrutiva”, foi localizado perto de Tulunan (Cotabato do Norte), na mesma região onde, há duas semanas, um tremor de magnitude 6,4 deixou pelo menos sete mortos e 200 feridos, de acordo com o Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia.

A agência filipina localizou o sismo a cerca de 60 quilômetros (km) de Davao, a maior cidade de Mindanao e a terceira maior das Filipinas, onde o tremor foi sentido com intensidade “muito forte”.

O epicentro foi registrado a uma profundidade de 7 km, embora o USGS, o Instituto Geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica em todo o mundo, o tenha colocado a 15,3 km.

As Filipinas ficam localizadas sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, área de grande atividade sísmica e vulcânica. Na região, são registrados anualmente cerca de 7 mil tremores, a maioria moderados.

*Emissora pública de televisão de Portugal/Agência Brasil

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: