DestaqueNotícias

Tecnologia e robótica transforma vidas de jovens estudantes do SESI de SGS

Tecnologia e robótica transformam vidas de jovens estudantes do SESI de SGS

Um ambiente com muita tecnologia, funcionários concentrados e muitos computadores. Geralmente, essa é a imagem que representa o universo dos profissionais que trabalham com robôs. Mas não se deixem enganar. Sonhos, desafios e transformações também podem ser características de quem trabalha nessa área e para quem estuda esse campo específico de ciência e tecnologia.

E na Escola do SESI de São Gonçalo do Sapucaí, essa paixão se inicia com as crianças. Um trabalho de incentivo e interesse dos alunos por ciência e tecnologia, o que estimula o desenvolvimento de tecnologias inovadoras. E dentro dessa modalidade que faz parte da grade curricular, os alunos também tem a oportunidade de viajar e competir em outros países.

Sonhos mais altos

A equipe Lego Brós participaram do Internacional Turkey, na Turquia. Um torneio de robótica com participação de vários países. “Essa iniciativa contribui para o crescimento profissional e pessoal desses alunos, uma vez que proporciona experiência prática e troca de experiências com jovens de todo o mundo”, afirma o professor Francisco Teófilo de Rezende Neto.

De acordo com o professor Francisco, os alunos iniciam com aula de tecnologia e robótica ministrada aos estudantes com faixa etária de 6 até os 16 anos. “Dedicação e força de vontade são as palavras-chave desse projeto, que tem levado novos conhecimentos, autoconfiança e estímulo aos estudantes, com o objetivo de explorar diferentes perspectivas de aprendizado, fundamentais no trabalho em equipe e na inovação”, complementa.
Para os alunos integrantes da equipe Lego Brós, a robótica ajudou a escolher os cursos que pretendem fazer, como é o caso dos alunos Murilo e José Augusto.

“A robótica me ajudou a definir o que o curso que vou fazer. Estou entre engenharia mecatrônica e mecânica, mas quero seguir nessa área”, contou o aluno Murilo Lucas Araújo.

“Pretendo fazer engenharia civil, e a essa parte da robótica me ajudou muito devido os conceitos matemáticos e física que a gente utiliza. E pra mim que quero fazer engenharia, a robótica se encaixou perfeitamente”, disse o aluno José Augusto Martins Borges.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: