GeralNotíciasSaúde

Sete em cada 10 médicos do país relatam sequelas em pacientes pós-COVID-19

AVC, problemas cardíacos, trombose e fibrose pulmonar estão entre as consequências da infecção pelo coronavírus

Deixar-se contaminar pelo coronavírus para adquirir imunidade está longe de ser uma boa ideia. O vírus, muito estudado, mas ainda pouco conhecido pelos cientistas é capaz de causar consequências mais severas do que uma simples “gripezinha”.

Pesquisa realizada pela Associação Médica Brasileira (AMB) e a Associação Paulista de Medicina com profissionais da linha de frente do combate à COVID-19 demonstra que 70% dos médicos entrevistados relatam casos de pacientes infectados que apresentam sequelas após estarem curados da doença.

As sequelas mais citadas – por 56,5% dos médicos – são “dor de cabeça incessante, fadiga e dores no corpo”.

Já 13,2% dos entrevistados relatam que pacientes apresentaram fibrose pulmonar.

A trombose foi uma consequência citada por 10,9% dos médicos.

À mesma pergunta, 8,5% dos médicos responderam que pacientes apresentaram “outras sequelas”. Entre elas, a anosmia (perda de olfato) e ageusia (perda de paladar).

Entre os entrevistados, 6% citaram como sequelas “problemas cardíacos” e 5,4% relataram que pacientes sofreram acidente vascular cerebral (AVC) como consequência da COVID-19.

Foram entrevistados 3.882 médicos de todos os estados do Brasil.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios