Internacional

Secretário-geral da ONU pede ações de combate a mudanças climáticas

Em artigo publicado nos principais veículos de mídia do mundo, o secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres pediu aos países-membros da instituição esforços para combater as mudanças climáticas.

Mais de 250 jornais e revistas publicaram a declaração de Guterres nessa quinta-feira (3), entre eles o The Guardian, do Reino Unido, Le Monde, da França, e o jornal semanal The Nation, dos Estados Unidos.

Guterres disse que mais de 70 países e 100 cidades se comprometeram a reduzir as emissões de dióxido de carbono para um volume próximo a zero até 2050, na cúpula de ações climáticas de setembro, realizada na Assembleia Geral das Nações Unidas. Acrescentou que muitos países ainda são vistos como dependentes do carvão.

Para Guterres, aqueles que negam o aquecimento global e os maiores emissores de dióxido de carbono não têm como se esconder. Ele manifestou o compromisso de fazer com que esses países negativos em relação a mudanças climáticas tomem medidas.

Guterres afirmou que “os jovens, as Nações Unidas e um número crescente de líderes empresariais, governos e sociedade civil estão se movendo e agindo”. Contudo, enfatizou que muitos ainda precisam adotar medidas. “Temos um longo caminho a percorrer, e o movimento já começou”.

*Emissora pública de televisão do Japão – Agência Brasil

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios