DestaqueGeral

São-gonçalense dá a volta por cima após sofrer bullying quando criança

Qual o estereótipo ideal? O que agrada mais? Diante de uma sociedade fria e sem parâmetros, os olhares julgadores estão sempre à espreita. Se você está acima do peso ou com sobre peso é titulado como gordo, mas se te falta gordura, magricela. Não há um meio termo, sempre um julgamento. E sobre julgamentos por ser magra, Carla Mendes sofreu vários tipos de bullying.

Desde mais nova, Carla já era vítima do preconceito, porém segundo ela, isso só a motivou a querer mudar. Com o passar do tempo, Carla começou a se dedicar para ganhar massa e há 3 anos vem trabalhando nisso.

Onde ela quer chegar? A um campeonato de fisiculturista. Quando iniciou suas atividades, Carla pesava 40k e vestia 34, atualmente está pesando 53 e com manequim 38, sua meta é chegar aos 60k.

Sobre seus novos hábitos, Carla não sai da linha. E toda essa mudança pode ser vista no ensaio realizado pelo Brasil Metrópole.

Confira:

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: