DestaqueGeralSaúde

Saneamento básico precário pode aumentar risco de proliferação do Aedes aegypti

Segundo dados do Trata Brasil, 100 milhões de brasileiros vivem hoje sem acesso à coleta de esgoto. E apenas 46% do esgoto passam por tratamento

Segundo dados do Trata Brasil, 100 milhões de brasileiros vivem hoje sem acesso à coleta de esgoto. E apenas 46% do esgoto passam por tratamento. Com a falta de saneamento, o risco de doenças é maior – entre elas, a dengue, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

A falta de saneamento básico pode facilitar a reprodução do mosquito, como explica a especialista em Saneamento Ambiental e professora da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro Iene Figueiredo. 

“Um ambiente não saneado ele atrai todo tipo de vetor que gosta desse tipo de ambiente. A gente está falando de barata, de rato, de mosca. E de mosquito também. Saneamento – não está incluindo só esgotamento sanitário e água –, mas, também, drenagem e coleta de resíduos sólidos. Quando a gente tem um ambiente que essa prestação de serviços é precária, vetores de doenças serão atraídos.”

O Ministério da Saúde recomenda que a limpeza de possíveis focos do mosquito da dengue, dentro de casa, seja semanal. Por isso, é importante que toda a população esteja empenhada em eliminar os locais de armazenamento de água nas casas, quintais e na vizinhança.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios