DestaqueGeral

Romeu Zema destaca trabalho para ampliação de leitos em Minas Gerais

Governador e secretário da Saúde visitam Hospital da Baleia em busca de parcerias para o enfrentamento ao coronavírus

 governador Romeu Zema e o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, visitaram na manhã desta quarta-feira (1/4) o Hospital da Baleia, em Belo Horizonte. Eles conheceram o trabalho e a estrutura da instituição, que poderá disponibilizar leitos para o tratamento de pacientes com o coronavírus. O Governo de Minas tem buscado estabelecer parcerias com hospitais públicos municipais, privados e filantrópicos para ampliar o número de leitos no estado.

Zema foi recebido pela diretora-presidente do Hospital da Baleia, Tereza Guimarães Paes, e pelos demais diretores, que apresentaram os projetos e demandas da instituição. O governador destacou a importância de se aproveitar as estruturas já existentes em Minas para que o estado se prepare cada vez mais para o enfrentamento da pandemia.

“É muito mais fácil utilizarmos os leitos já existentes do que criar novos, por uma questão de custos, sinergia e agilidade. Já há uma estrutura física construída, com quase tudo pronto. Precisamos ampliar os investimentos para a montagem dos leitos”, afirmou Romeu Zema.

A expectativa é de que pelo menos 100 leitos no Hospital da Baleia sejam disponibilizados para o tratamento do Covid-19, podendo, ainda, ser ampliado a partir da adequação de unidades que, atualmente, estão desativadas, podendo servir como hospitais de campanha em um primeiro momento.

O secretário de Saúde Carlos Eduardo também ressaltou o esforço do governo para ampliar os investimentos na área e no desenvolvimento de ações para minimizar os impactos da pandemia, como a ampliação da realização de testes do Covid-19, a compra e produção de equipamentos e o adiantamento de repasses do governo por meio de seus programas.

Estrutura

Referência em assistência médico-hospitalar de qualidade e humanizada há 75 anos, o Hospital da Baleia realiza mais de 600 mil procedimentos médicos anualmente. São atendidos cidadãos de 88% dos municípios mineiros, a maioria vinda pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas, também por convênios e particular.

São mais de 27 especialidades médicas e Centros de Referência em Oncologia Adulta e Pediátrica, Nefrologia (Hemodiálise e Transplante Renal), Ortopedia, Pediatria e Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além do Tratamento e Reabilitação de Fissuras Labiopalatais e Deformidades Craniofaciais (Centrare). O Baleia conta com parceiros, voluntários e doações solidárias para manutenção de seu trabalho.

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios