Educação

ProUni registra 1,5 milhão de inscrições

Direito lidera em números absolutos e Medicina, na quantidade de inscrições por vaga

O Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou 1.507.807 inscrições, feitas por 782.497 pessoas. O curso com o maior número foi Direito — 137.507 —, seguido de Administração (121.871) e Enfermagem (102.902). Medicina liderou na concorrência (maior número de inscrições por vaga ofertada): 54, logo à frente de Artes Cênicas (50) e Comunicação Social – Cinema (41).

A região Sudeste liderou no número de inscrições e inscritos: 544.787 e 283.869, respectivamente, seguida de Nordeste (502.428 inscrições e 259.346 inscritos) e Norte (178.545 inscrições e 91.898 inscritos). As com menores quantidades foram Sul (171.091 inscrições e 89.750 inscritos) e Centro-Oeste (110.045 inscrições e 57.535 inscritos).

Entre os estados, São Paulo foi o que registrou os maiores números de inscrições e de inscritos: 262.850 e 143.583, respectivamente. Minas Gerais (165.475 inscrições e 91.058 inscritos) e Bahia (115.183 inscrições e 63.202 inscritos) completam o “pódio”. Roraima puxa a parte de baixo da lista, com as menores quantidades: 2.855 inscrições e 1.566 inscritos.

Os estudantes tiveram de terça-feira, 28 de janeiro, até as 23h59 de sábado, 1º de fevereiro para se inscrever. Eles concorrem à maior oferta da história do ProUni para um primeiro semestre: 252.534 bolsas, das quais 122.432 são integrais e 130.102, parciais (50%). Foram feitas 1.226.797 inscrições para o benefício de 100% do valor e 280.290 para o de metade.

O número de inscrições é maior que o de inscritos porque cada participante pode escolher até duas opções de instituição, curso e turno. Os candidatos com deficiência ou que autodeclarados indígenas, pretos ou pardos podem optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas.

Cronograma – Apesar de o período de inscrições já ter chegado ao fim, os alunos devem continuar atentos. O programa ainda segue um extenso cronograma e o resultado da primeira chamada sai já nesta terça-feira, 4.

Eis o restante das datas:

  • comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (primeira chamada): 4 a 11 de fevereiro;
  • registro no SisProuni e emissão dos termos pelas instituições (primeira chamada): 4 a 14 de fevereiro;
  • divulgação dos resultados da segunda chamada: 18 de fevereiro;
  • comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (segunda chamada): 18 a 28 de fevereiro;
  • registro no SisProuni e emissão dos termos pelas instituições (segunda chamada): 18 de fevereiro a 3 de março.

O programa – O ProUni é um programa que oferece bolsas de estudos, integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições particulares de educação superior.

Podem participar:

  • estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública, ou na rede particular na condição de bolsista integral da própria escola;
  • estudantes com deficiência;
  • professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Só pode se inscrever no ProUni o estudante que não possuir diploma de curso superior, que tenha participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas, bem como não zerado a redação.

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios