Destaque

Procon fiscaliza açougues devido à alta no preço da carne na Grande Goiânia

Caso seja constatado aumento abusivo da margem de lucro, estabelecimentos podem ser autuados com multa que varia de R$ 652 mil a R$ 9,2 milhões

Aumento no preço da carne motiva fiscalização do Procon em açougues de Goiânia

O Procon Goiás está fiscalizando açougues devido à alta no preço da carne da Grande Goiânia. De acordo com órgão, caso seja constatado aumento abusivo da margem de lucro, os estabelecimentos podem ser autuados com multa que varia de R$ 652 mil a R$ 9,2 milhões. O valor da multa depende do tamanho da empresa, a natureza da infração e se há reincidência.

Até a manhã desta sexta-feira (30), quatro empresas haviam sido notificadas, sendo que duas foram autuadas por vender produtos impróprios para o consumo e sem procedência. As empresas têm o prazo de até dez dias para entregarem documentações como notas fiscais de entrada e saída dos produtos.

A documentação exigida pelo órgão às empresas permite a comparação de valores e, consequentemente, a comprovação se os estabelecimentos estão praticando aumento abusivo dos preços. As fiscalizações começaram na última quinta-feira (29).

Conforme última pesquisa feita pelo Procon, entre os dias 30 de setembro e 7 de outubro, a carne era o terceiro item da cesta básica que com maior aumento na variação, visto que o quilo do colchão mole havia subido de R$ 28,94 para R$ 40,05.

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios