DestaqueGeral

Prefeitura derruba prédios irregulares na zona oeste do Rio

Uma operação da prefeitura e da Polícia Militar derruba na manhã de hoje (1º) um condomínio com prédios irregulares na Gardênia Azul, zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação, o local clandestino já tinha 21 prédios e teria, ao todo, cerca de 200 apartamentos.

Segundo o secretário Sebastião Bruno, os imóveis estão desabitados e já foram vistoriados, notificados e embargados.

“É uma área de 10 mil metros quadrados, dividida irregularmente em 116 lotes – a maioria já vendida de forma irregular e ilegal. Ou seja, nem 20% da capacidade construtiva tinham sido utilizados. Agimos rápido e cumprimos todos os trâmites administrativos para evitar essa desordem”.

De acordo com a secretaria, assim como Rio das Pedras e Muzema, a área da Gardênia Azul “sofre com o poder paralelo da milícia”, responsável pelas construções clandestinas. O órgão afirma que combater essas ilegalidades é uma prioridade da gestão.

No dia 12 de abril do ano passado, dois prédios irregulares desabaram no condomínio Figueiras do Itanhangá, na Muzema, após forte chuva, matando 24 pessoas.

Agência Brasil

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios