DestaqueGeral

Polícia Ambiental identificou suspeito de atear fogo na Serra em SGS

O suspeito de tem 54 anos e pode ser condenado pagar multa de R$ 184 mil

A Polícia Ambiental de Pouso Alegre, identificou o suspeito de atear fogo na Serra Morena em São Gonçalo do Sapucaí, na última semana. O incêndio atingiu 50 hectares, distribuídos entre área e pastagem, cultivo agrícola e mata do Bioma Mata Atlântica.
Segundo a polícia, os indícios dão conta de que o incêndio teve início em uma propriedade na Serra próximo ao bairro Jardim Baronesa. Após intensas diligências a guarnição policial logrou êxito por meio de provas testemunhais, indícios e vestígios na determinação da autoria do incêndio, que levaram até o suspeito de 54 anos que é proprietário local.
Ainda segundo a polícia, ele vai responder em liberdade, e apesar dos indícios apontar para o suspeito, ele negou a autoria do incêndio.
Em razão da ação praticada o autor será responsabilizado nas esferas criminal, cível e administrativa, nos seguintes termos:
– Esfera criminal: responderá criminalmente pela prática dos crimes tipificados no artigo 41 da Lei 9.605/98 (Lei dos Crimes Ambientais) e/ou artigo 250 do Código Penal.
– Esfera cível: será responsabilizado perante o Ministério Público pela reparação dos danos, recomposição e indenização ambiental.
– Esfera administrativa: Foi autuado no valor de R$ 182 mil.
Por fim, fica a advertência em relação a adoção de práticas culturais ilegais (uso de fogo para limpeza de área) e suas consequência, sendo certo que mesmo após a prática é plenamente possível a responsabilização dos autores.

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios