DestaqueNotícias

Pico de contaminação por coronavírus deve ocorrer no fim de abril em Minas, diz secretário

Isso porque o pico de contaminação deveria ocorrer em meados de março, mas foi retardado devido ao isolamento social

Foi possível retardar o pico da curva de contaminação pelo COVID-19 devido ao isolamento social. A informação foi repassada em coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira pelo secretário de saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral. O maior número de casos deve ocorrer no final de abril e no início de maio.

Até o momento, de acordo com o governo de Minas, são 34.018 casos suspeitos para COVID-19, 314 casos confirmados. 45 óbitos estão em investigação e três óbitos foram confirmados.

O secretário explica que o número de casos é acompanhado junto com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Os dados indicam os seguintes estágios: 1) ausência de casos, 2) início da mudança – quando os casos começam a acelerar, 3) grande aceleração, 4) manutenção e 5) queda no número de casos.

“Começamos acompanhar o dia a dia da curva. No dia 19 de março, identificamos o inicio de casos, sinalizando uma elevação da curva. Baseado nisso, nos reunimos com equipe técnica e optamos pelo isolamento social”, disse.

Com as ações, “tivemos um retardo e essa curva deixou de ser verticalizada”. Ainda segundo ele, o pico da curva foi retardado. “Estamos no início da curva, não começamos acelerar”, completou. Isso significa que o pico previsto entre o dia 7 e 10 abril foi retardado para o final do mês ou e maio.

Na terça-feira, o governador Romeu Zema (Novo) informou que Minas Gerais registrou desaceleração na procura por internações devido à COVID-19 no sistema público de saúde.

De acordo com o governo, no dia 16 de março – quando foi iniciada a contagem dos pedidos de internações nos hospitais públicos do Estado – foram registradas 6 solicitações. No dia 25 de março, pico do número de requerimentos de internações,foram registradas 98 demandas. Desde então, os números começaram a cair e, na segunda, até às 16h30 foram 42 pedidos.

Fonte
Estado de Minas
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios