DestaqueGeralNotícias

Padre Graziano Cirina morre aos 63 anos após infecção generalizada em Poços de Caldas

Ele estava internado em um hospital particular da cidade. Prefeitura de Poços de Caldas decretou luto oficial pela morte do padre.

O padre Graziano Cirina, de 63 anos, padre emérito da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, de Poços de Caldas (MG), morreu na noite desta segunda-feira (30) após infecção generalizada. Ele estava internado em um hospital particular da cidade. A Prefeitura de Poços de Caldas decretou luto oficial pela morte do padre a partir desta quarta-feira (2).

O corpo do padre foi velado na Paróquia Sagrado Coração de Jesus e às 15h foi celebrada uma missa de corpo presente. O sepultamento ocorreu por volta das 17h no Cemitério da Saudade, em Poços de Caldas.

“Uma das marcar muito fortes na vida do padre Graziano é a preocupação com o outro. Realmente uma pessoa muito preocupada com a questão social, principalmente com o próximo, como nos manda Jesus”, relembrou o padre Lucas de Souza, pároco da igreja Sagrado Coração de Jesus.

Padre Graziano Cirina

 

Padre Graciano era natural de Cagliari, na Itália e estava em Poços de Caldas desde 1994. Ele foi vigário na Paróquia São João Bosco até o ano de 1999. Em abril daquele ano, ele recebeu a tarefa de fundar a nova paróquia, onde trabalhou até os últimos dias como padre emérito.

Padre Graziano também foi agente consultar da Itália em Minas Gerais. Em nota, o consulado diz que recebeu a notícia da morte com profunda tristeza e disse que Graziano foi um “incansável incentivador do Círculo Ítalo Brasileiro Do Sul de Minas”. Graziano Cirina se destacou também na realização de obras sociais, tendo fundado a APHAS, Associação de Promoção Humana e Ação Social.

Fonte
G1

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios