DestaqueSaúde

Navio de passageiros retorna a Yokohama após caso de coronavírus

Infecção foi constatada em uma pessoa de 80 anos

Autoridades sanitárias japonesas tomam medidas para evitar a disseminação do novo coronavírus a partir de um navio de passageiros de luxo dias após a constatação de infecção em um homem que viajou na embarcação.

O navio está para retornar na noite desta segunda-feira (3) à cidade de Yokohama, perto de Tóquio.

Autoridades de Hong Kong comunicaram a constatação da infecção com o vírus de um habitante local de 80 anos após o seu retorno ao território no navio que havia partido de Yokohama. Informaram que o homem havia viajado de avião para a capital japonesa em 17 de janeiro, embarcado no navio no porto de Yokohama três dias depois e retornado a Hong Kong no dia 25.

O homem começou a tossir um dia antes de embarcar no navio e teve febre no dia 30. No sábado, submeteu-se a um exame do coronavírus e o resultado foi positivo.

A empresa que administra o cruzeiro explica que a embarcação também fez escalas no Vietnã, em Taiwan e na província japonesa de Okinawa previamente ao retorno a Yokohama. Afirma que até agora nenhum tripulante se queixou de febre ou outros sintomas.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão procura identificar que pessoas entraram em contato com o homem infectado no navio. Também planeja tomar exaustivas medidas de prevenção, incluindo a colocação dos passageiros em estado de quarentena após o seu desembarque do navio.

Confira os principais sintomas e os cuidados para evitar o coronavírus.
Confira os principais sintomas e os cuidados para evitar o coronavírus. – Agência Brasil
Agência Brasil
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios