Internacional

Mulher é presa por matar filhas que “atrapalharam” vida sexual dela

Cinco semanas de julgamento foram necessárias para que Louise Porton fosse sentenciada a 32 anos de prisão pelo assassinato de duas crianças

Uma mulher de 23 anos foi sentenciada a 32 anos de prisão por matar as duas  filhas , uma de três anos e outra de apenas um ano e meio, na cidade de Birmingham, na Inglaterra. Louise Porton passou por cinco semanas de  julgamento  até ser considerada culpada.

As causas das mortes das  crianças  ainda não foram definidas, mas, segundo autópsia, algo interferiu diretamente na respiração de ambas. Uma série de evidências foi recolhida pela polícia, entre elas, a gravação da ligação telefônica de socorro, considerada como “calma e atrasada”.

Enquanto as meninas lutavam pela vida no  hospital , a mãe delas utilizou aplicativos de namoro nas redes sociais, chegando a aceitar 41 solicitações de amizade apenas um dia depois da morte de ambas.

“Como Louise foi pôde fazer algo tão terrível às minhas duas lindas filhas?”, perguntou o pai das crianças, Chris Draper, durante  julgamento . Segundo o jornal britânico Metro, ele nunca chegou a conhecer a filha mais nova.

 

 

Fonte
IG
Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios