Política

Movimento negro protesta em Brasília e pede saída do presidente da Fundação Palmares

'É pra mostrar pra mostrar que vidas negras importam', diz Mãe Baiana de Oyá; líder religiosa foi xingada por Sérgio Camargo.

Representantes do movimento negro realizaram um protesto, na manhã desta sexta-feira (5), em frente à Fundação Cultural Palmares, em Brasília. A manifestação ocorreu após o vazamento de áudios do presidente do órgão, Sérgio Camargo.

Em uma reunião, Camargo chamou o movimento negro de “escória maldita” e disse que Zumbi dos Palmares era “filho da puta que escravizava pretos”. A gravação foi revelada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” na última terça (2). Na ocasião, o presidente da fundação divulgou uma nota que dizia “lamentar a gravação ilegal” de sua fala.

A líder religiosa Mãe baiana de Oyá – xingada por Camargo de “filha da puta”, “macumbeira” e “miserável” – esteve presente no ato e disse que a ação é pacífica.

“Esse ato é pacífico porque nós somos um povo de paz. É importante para dizer para quem falou, que nós não somos vagabundos”, disse.

“Somos povos e comunidades tradicionais de matriz africana, são entidades negras que estão aqui, vidas negras importam.”

Roupas brancas e balões

A manifestação começou por volta das 10h e terminou às 12h15. O ato ocorreu em frente ao prédio da Palmares, no Setor Comercial Sul. Manifestantes cantaram, jogaram capoeira e gritaram palavras de ordem pela saída de Camargo.

No fim da manhã, manifestantes fizeram um minuto de silêncio e soltaram 200 balões em memória de pessoas negras mortas e também em homenagem aos brasileiros que vítimas da Covid-19.

De acordo com os organizadores, a cor branca representava a paz e também fazia referência às religiões de matrizes africanas. Toda a ação ocorreu sem interferência da polícia e não houve impacto no trânsito.

O grupo também levantou cartazes em referência à vereadora assassinada Marielle Franco e ao menino Miguel Otávio, de 5 anos, que morreu ao cair de um prédio de luxo no Recife, enquanto estava aos cuidados da patroa, branca.

Fonte
G1
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios