fbpx
Notícias

Michel Temer vira réu no inquérito dos Portos

O ex-presidente Michel Temer foi denunciado mais uma vez e virou réu no chamado inquérito dos portos. O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, aceitou a denúncia.

A acusação original foi feita pela Procuradoria-Geral da República, em dezembro de 2018, e foi enviada para ministro do Supremo Tribunal Federal Luis Roberto Barroso na primeira instância. No último dia 15, o Ministério Público Federal em Brasília confirmou a denúncia da PGR e pediu que o ex-presidente se tornasse réu no caso.

Além de Temer, o ex-deputado federal e ex-assessor da Presidência da República Rodrigo Rocha Loures, o amigo pessoal do ex-presidente João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima, também estão envolvidos no inquérito.

Na decisão, o juiz afirma que a denúncia tem “documentos que lhe conferem verossimilhança”. Uma ação penal foi aberta e, ao final dela, haverá uma decisão envolvendo os réus. O caso tem origem na delação de executivos do grupo J&F, controlador da JBS, como Joesley Batista e Ricardo Saud.

Yahoo

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.