DestaqueGeral

Menino de 4 anos desaparecido em Medeiros é encontrado morto

Após cerca de 40 horas de buscas, o desaparecimento de Brayan Washinton dos Santos Ferreira, de 4 anos, chegou a um triste desfecho na manhã desta quinta-feira. O corpo do menino, que completaria 5 anos no próximo dia 19, foi localizado por militares do Corpo de Bombeiros na zona rural de Medeiros, Centro-Oeste de Minas, onde ele morava com a família.

O tenente-coronel Anderson Passos, do Corpo de Bombeiros de Uberaba, informou que o corpo estava no Rio Bambuí, preso às pedras em um local de difícil acesso. O ponto fica a aproximadamente 2,5 quilômetros de distância da residência. Ele foi localizado por uma equipe que fazia buscas a pé. Ainda não há detalhes das circunstâncias da morte.

As buscas contaram com militares dos bombeiros de Uberaba, Campos Altos, familiares e moradores da comunidade. Os bombeiros usaram uma aeronave, drones – um deles capaz de detectar sinais de calor durante a noite, cães farejadores, técnicas de mergulho, e chegaram a drenar a água de um açude da região para tentar localizar a criança.

Ainda de acordo com os bombeiros de Uberaba, familiares teriam informado que o menino tinha traços de autismo, e que muitas vezes não respondia ao ser chamado. O Estado de Minas tentou entrar em contato com familiares do menino por telefone no início da manhã, mas ninguém atendeu as ligações.

Brayan foi visto pela última vez por volta das 17h30 de terça-feira na Fazenda Medeiros. De acordo com a Polícia Militar (PM) do município, o pai contou que o menino estava na varanda da casa da família e que desceu para o quintal. Como a criança tinha o costume de fazer isso para dar a volta na casa, ele não estranhou. No entanto, minutos se passaram e o menino não voltava.
O pai e a mãe de Brayan começaram a procurar por ele, e depois tiveram a ajuda de vizinhos e outros moradores da cidade. A PM foi chamada e também entrou nas buscas, que avançaram pela noite. Os policiais usaram lanternas, percorreram áreas de vegetação e lagoas, mas não localizaram a criança. O Corpo de Bombeiros foi acionado. Militares de Uberaba e Campos Altos atuaram no local.
Há menos de um mês, o desaparecimento de outra criança também teve um desfecho trágico. Eduardo Ferreira de Oliveira, de 2 anos e 4 meses, sumiu em 12 de fevereiro em Juatuba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O corpo do menino, que era chamado de Dudu, foi localizado dois dias depois boiando em uma lagoa a 50 metros da casa onde morava com os pais e irmãs. As investigações da Polícia Civil concluíram que ele morreu afogado. Não havia sinais de violência no corpo.
Estado de Minas
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios