Internacional

Lança-mísseis de passageiro é confiscado em aeroporto nos EUA

Militar do Texas disse se tratar de um souvenir trazido do Kuwait e foi liberado para prosseguir viagem sem o objeto. Porta-voz da agência de segurança no transporte brincou: 'deveria ter escolhido um chaveiro'.

Agentes de segurança americanos confiscaram nesta segunda-feira (29) em um aeroporto de Washington um lança-mísseis encontrado na bagagem de um cidadão do Texas, que garantiu se tratar de um souvenir do Kuwait.

A arma foi encontrada nesta manhã no aeroporto internacional Baltimore/Washington, tuitou Lisa Farbstein, porta-voz da agência americana de segurança no transporte (TSA).

O “homem disse que trazia ela do Kuwait como um souvenir”. “Talvez devesse ter escolhido um chaveiro em vez disso!”, escreveu

O passageiro, morador de Jacksonville, no Texas, disse aos agentes que era “um militar da ativa”, informou a TSA em comunicado.

“Por sorte, o objeto não era funcional. Foi confiscado e entregue ao chefe estadual dos bombeiros para seu descarte seguro. O homem foi autorizado a subir a bordo de seu voo”, explicou a TSA.

O tuíte da porta-voz inclui imagens do que parece ser um lança-mísseis Griffin que, segundo seu fabricante, Raytheon, é “uma arma precisa” que produz “danos colaterais baixos”.

A TSA lembrou que é proibido levar “armas militares” a bordo de aviões, tanto na bagagem de mão, quanto na despachada.

Fonte
G1
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios