InternacionalNotíciasPolítica

Johnson diz que disparada de casos de covid-19 confirma previsões

Próximas semanas, segundo o premiê britânico, serão cruciais

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta segunda-feira (5) que o número crescente de casos de covid-19 está próximo das previsões do governo, e por isso as próximas semanas serão cruciais para se descobrir se lockdowns locais podem controlar o vírus.

“A incidência de casos que estamos vendo realmente corresponde no geral àquilo que pensávamos”, disse Johnson depois que o Reino Unido relatou um salto de casos diários de covid-19, que atingiram o recorde de 22.961 nesse domingo.

Por causa de uma falha técnica, mais de 15 mil resultados de exames não haviam sido transferidos para sistemas de computador a tempo, inclusive os de rastreadores de contato.

“Para ser sincero, acho que os números ligeiramente menores que vimos não refletiam o rumo que achávamos que a doença podia tomar, por isso acho que esses números são realistas”, disse Johnson.

“O crucial é que, nos próximos dias e semanas, veremos mais claramente se algumas das restrições que adotamos começam a funcionar para conter o vírus”.

Indagado sobre vacinas, Johnson afirmou que o projeto da AstraZeneca parece estar perto de uma. “Estamos trabalhando muito duro para conseguir uma. Ainda não chegamos lá”.

“Fui ver os cientistas de Oxford no Instituto Jenner, a equipe da AstraZeneca. É incrível o que eles estão fazendo. Você realmente sente que eles devem estar perto, mas ela tem que ser devidamente testada”, disse Johnson.

Fonte:Agência Brasil

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios