GeralNotícias

Hospitais de SP já afastaram ao menos 820 funcionários com coronavírus

Ao menos 820 funcionários de hospitais da cidade de São Paulo foram afastados do trabalho porque estão contaminados com o novo coronavírus, de acordo com levantamento do site UOL.

A reportagem recebeu dados referentes aos dias 1º e 2 de abril de nove hospitais particulares e dois públicos da capital paulista, cidade com mais casos da covid-19 no país.

O número, porém, deve ser muito maior. A Secretaria Estadual de Saúde, por exemplo, disse que ainda não possui um balanço geral de seus cem hospitais. Algumas instituições particulares não quiseram divulgar a informação ou deram o dado de sua rede em todo o país, sem discriminar os da cidade de São Paulo.

“O número é relevante, mas certamente está subestimado”, diz Gerson Salvador, diretor do Simesp (Sindicato dos Médicos de São Paulo). Para ele, o dado “não reflete a realidade da rede de saúde”. Salvador pontua que os profissionais que atuam na atenção primária, ou seja, em UBS (Unidade Básica de Saúde), não estão sendo testados. “Assim como a maior parte dos profissionais da rede do SUS [Sistema Único de Saúde].

” Até o momento, não há mortes confirmadas de funcionários de hospitais na capital paulista em razão do novo coronavírus, mas existem óbitos classificados como suspeitos. Entre eles, o de uma médica, cujo laudo indica que ela morreu por covid-19, mas a causa da morte não é confirmada oficialmente pela Secretaria Municipal de Saúde da capital, como o UOL informou ontem. Até sexta-feira (3), a secretaria estadual nem a municipal de São Paulo não informaram se já havia a certeza sobre a ligação do coronavírus com esses óbitos.

A incerteza sobre as mortes suspeitas e sobre supostos casos de contaminação têm gerado medo em alguns hospitais. Segundo o Seesp (Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo), ao menos um profissional do setor morreu por causa do novo coronavírus; outros dois casos ainda são analisados.

Quantidade de funcionários afastados por hospital Hospital

Albert Einstein: 348

Hospital das Clínicas (USP): 108

Hospital Sírio Libanês: 104

Rede Prevent Senior: 82

Hospital Beneficência Portuguesa: 40

Hospital Oswaldo Cruz: 38

Hospital Santa Catarina: 36

Hospital São Camilo: 33

Hospital São Paulo (Unifesp): ao menos 17

Hospital Leforte: 14

Hospital São Luiz: a rede divulgou apenas o número de seus hospitais no país inteiro; foram 500 profissionais afastados

Hospitais consultados que não responderam

Hospital Samaritano

Hospital 9 de Julho

Hospital Edmundo Vasconcelos

Hospital Sabará

Fonte
UolUol
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios