DestaquePolícia

Homem mata filha de 7 meses no Dia dos Pais

Segundo a polícia, ele premeditou o crime por não aceitar a separação e ficar longe da filha

Homem de 26 anos que matou a filha de 7 meses, no último domingo (11), Dia dos Pais em Sapezal, a 520 quilômetros de Cuiabá, mandou mensagem de voz para a ex companheira, avisando que ela iria se arrepender. De acordo com as mensagens enviadas, tudo indica que Diogo Morais Justino, premeditou o crime.

Nos áudios, Diogo alertou a mãe da criança e afirmava que ela ia se arrepender, “Falei que você ia se arrepender pro resto da sua vida. Eu avisei. Amo muito a minha filha e não quero viver sem ela”, diz o suspeito em um dos áudios. Em seguida, pediu desculpas pelo crime e se despediu.

Separados recentemente, o casal não mantinha contato. Contudo, a mulher havia autorizado que a filha passasse o fim de semana com o pai.

Diogo perfurou o tórax da filha de 7 meses com uma chave de fenda e depois tentou tirar a própria vida usando a ferramenta em seu peito, mas não conseguiu, ficando apenas ferido, informou a polícia. Após denúncia, a Polícia Militar chegou ao sítio e encontrou o suspeito deitado, com a filha já sem vida em seus braços. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao hospital. Após ser liberado, foi encaminhado à Delegacia de Sapezal e preso em flagrante.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios