fbpx
DestaqueNotícias

Homem mata companheira e se mata em seguida na Secretaria de Educação

Um homem matou uma servidora da Secretaria de Educação dentro da Sede II do órgão, na manhã desta segunda-feira (20). O crime aconteceu no interior do edifício, localizado na 511 Norte, em Brasília, no Distrito Federal. A Polícia Militar do Distrito Federal informou que ele entrou no prédio e disparou contra a servidora Débora Tereza Correa, 43 anos, e se matou em seguida. Segundo informações da PM, eles tinham um relacionamento.

Segundo o delegado Laércio Rosseto, chefe da 2ª DP (Asa Norte), o acusado era agente de Polícia Civil do DF Sérgio Murilo dos Santos, 51. Ele era casado com outra pessoa e foi condenado em novembro do ano passado pela Lei da Maria da Penha.

De acordo com o secretário Rafael Parente, Débora era servidora desde 2001 e já foi lotada em escolas e na Escola de Formação Eape. “É muito triste. Será que vamos ter que colocar detector de metais em todos os lugares? Não queria que chegasse a esse ponto. Estou muito abalado”, afirmou Parente.

Parente não soube confirmar se o assassino era ex-marido ou ex-namorado de Débora. “Eles se conheciam. Ele chegou aqui procurando por ela, se identificou na entrada e foi até ela. Eles discutiram e, quando ela ia voltar para a sala dela, ele deu os tiros e depois atirou no próprio olho”, contou.

O secretário ainda disse que Débora trabalhava em um serviço de atendimento ao público recentemente aberto. “É um lugar que a gente acabou de inaugurar. Vim aqui semana passada desejar felicidades para os servidores e hoje estamos aqui nessa situação”, lamentou Parente.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
error: Conteúdo protegido !!