fbpx
Policial

Homem invade casa, ameaça ex e foge com filho de 2 anos no RJ

Um homem de 43 anos fugiu com o filho de 2 anos após entrar na casa da ex-sogra quebrando a porta com um machado, agredindo a idosa e ameaçando de morte a ex-companheira, em Araruama, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O caso aconteceu no sábado (30) e foi relatado pela mãe da criança, Luana Ganier do Couto, nas redes sociais. As informações são do portal G1.

A mãe afirma que o relacionamento entre eles terminou há um mês por conta de ciúmes. Segundo ela, há um pedido de divórcio feito na Defensoria Pública e uma medida protetiva da Justiça contra ele. Desde que a decisão da separação foi tomada, seu ex-companheiro se tornou mais agressivo, segundo Luana.

No último sábado (30), o homem teria quebrado a porta dos fundos da casa da ex-sogra com um machado, a agrediu, pegou um pedaço de vidro e, em seguida, ameaçou a ex-companheira, segundo informações do boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil.

“Meu filho tem 2 anos, ainda mama no peito e o pai não tem a guarda dele. Saiu sem documentos, sem roupas, sem nada, não sei a situação que ele possa estar. Nestes últimos dias, o ‘pai’ anda muito alterado. Fez isto apenas pra me atingir por não aceitar a separação”, diz um trecho da publicação dela nas redes sociais.

Medida Protetiva

A medida protetiva contra ele foi tomada após uma briga em que o ex quebrou um aparelho celular e bateu no cunhado, além de danificar seu carro. O caso foi registrado na 118ª Delegacia de Polícia (DP), mesma delegacia onde foi registrado o BO da invasão da casa e sumiço do filho.

Na quinta-feira (28) anterior à invasão, o pai foi buscar o menino e disse que se a medida protetiva não fosse retirada, ele iria sumir com a criança, segundo disse a mãe ao G1. No dia seguinte, os dois foram parar novamente na delegacia porque ele não queria devolver o filho.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.