DestaqueGeral

Feriado prolongado termina com 22 óbitos

A PRF registrou no Estado 147 acidentes

Apesar de todos os alertas feitos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) sobre os riscos de um feriado com chuva, um alto índice de letalidade foi registrado nas estradas mineiras durante a Operação Proclamação de República 2019.

Nos acidentes mais graves, as chuvas e as falhas humanas foram fatores determinantes que esse feriado se transformasse no feriado prolongado mais violento de 2019. Houve colisões frontais, capotamentos, atropelamentos, colisões com objeto fixo e saída de leito carroçável.

Ao todo, as estradas federais sob circunscrição da PRF em Minas Gerais registraram 147 acidentes em que 200 pessoas ficaram feridas. O feriado terminou com 22 mortos nas estradas. Em 2018, mesmo com um dia a mais, a Operação Proclamação da República registrou 123 acidentes com 199 feridos e nove mortos.

Além disso, o último feriado prolongado do ano foi também o mais letal de 2019, registrando inclusive, mais mortos do que o Carnaval, que tradicionalmente é o feriado mais perigoso. No Carnaval deste ano, nove pessoas morreram, menos da metade do número registrado durante a Operação Proclamação da República.

Clique aqui para acessar o balanço completo da Operação Proclamação da República 2019

PRF

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: