fbpx
DestaqueInternacional

Estudantes portugueses oferecem pedras para atirar em alunos brasileiros

Um grupo de estudantes portugueses da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa colocou um cartaz oferecendo pedras grátis para atirar em alunos brasileiros.

“Grátis se for para atirar a um zuca (que passou à frente no mestrado)”, dizia o cartaz. Zuca é uma gíria para se referir a brasileiros.

Uma manifestação está marcada para quinta-feira, 2 de maior, para pedir medidas contra a xenofobia.

O caso chegou até o reitor da universidade, António Cruz Serra, que anunciou a instauração de um processo disciplinar. Os autores do cartaz podem ser expulsos e impedidos de conseguir entrar para a ordem dos advogados de Portugal.

“Este é mais um episódio de xenofobia de portugueses contra alunos estrangeiros. Mas estamos satisfeitos com a resposta da universidade”, afirmou à revista Exame Elizabeth Matos Lima, aluna de mestrado da instituição e presidente do Núcleo de Estudos Luso-Brasileiros (Nelb), que representa os estudantes do Brasil.

O foco da tensão é o aumento de alunos de mestrado e doutorado vindos do Brasil. Das 15 vagas de mestrado, até 13 chegam a ser preenchidas por brasileiros.

Yahoo

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.