Entretenimento

Dinho Ouro Preto revela sequelas do novo coronavírus

Dinho Ouro Preto abriu o jogo e falou como foi o processo de tratamento do novo coronavírus. O músico contou que teve uma versão mais leve da doença, porém, sofreu com algumas sequelas depois do período de recuperação. Ainda hoje, o músico encontra algumas dificuldades físicas.

“Em um primeiro momento, tive problemas ligados à respiração. Tentei correr e quase tive um troço. Tenho a impressão que a recuperação do pulmão foi um pouco mais demorada do que eu antecipava. Fiquei com problemas nas cordas vocais, tive dificuldade de cantar, cheguei a fazer umas sessões de fono para recuperar a minha voz”, afirmou o cantor, em entrevista a Patrícia Poeta, no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Rede Globo.

“A minha capacidade atlética, antes eu corria diariamente, eu ainda não voltei à forma de antes. Mas está tudo bem. Eu tive uma versão moderada do vírus”, completou.

Na conversa com Patrícia Poeta, Dinho Ouro Preto falou sobre seu histórico médico. Nos últimos anos, ele também se recuperou de gripe suína, dengue e uma grave queda em 2009, além de uma infecção generalizada.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios