DestaqueNotícias

Corpo da 257ª vítima de rompimento da Vale em Brumadinho é reconhecida

A Polícia Civil identificou o corpo de mais uma vítima do rompimento da barragem de Córrego do Feijão da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A informação foi confirmada na noite desta segunda-feira (2).

Segundo a corporação, o corpo é do funcionário da Vale, Max Elias de Medeiros, de 37 anos, e foi identificado por DNA. Seus segmentos chegaram ao instituto médico legal em 11 de novembro.

Até o momento, 257 pessoas já foram identificadas e 13 estão desaparecidas. A barragem I se rompeu no dia 25 de janeiro deste ano.

O Corpo de Bombeiros localizou três novos segmentos e um objeto pessoal na lama de Brumadinho nesta segunda-feira. Os fragmentos foram encaminhados para a Polícia Civil, onde serão analisados para saber se pertencem a uma nova vítima do rompimento da barragem.

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios