fbpx
InternacionalNacional

‘Começo de uma parceria pela liberdade e prosperidade’, diz Bolsonaro ao chegar em Washington

Presidente do Brasil se encontrará com Donald Trump na terça-feira. Grupo de manifestantes protesta contra Bolsonaro em frente à Casa Branca

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) pousou na tarde deste domingo (17) na Base Aérea de Andrews, em Washington, e afirmou em suas redes sociais que sua visita aos Estados Unidos representa o início de uma “parceria pela liberdade e prosperidade”.

Horas antes de o avião presidencial chegar na capital norte-americana um grupo de cerca de 50 pessoas protestou contra Bolsonaro em frente á Casa Branca. Os manifestantes levaram faixas contra criticando “líderes racistas” e “facistas” que chegaram ao poder nos últimos anos em várias regiões do mundo.

Por meio de suas redes sociais, Bolsonaro escreveu mensagens sobre o encontro com o presidente Donald Trump e dizendo que por muito tempo presidentes brasileiros adotaram a “postura antiamericana” nas políticas internacionais.

“Pela primeira vez em muito tempo, um presidente brasileiro que não é antiamericano chega a Washington. É o começo de uma parceria pela liberdade e prosperidade, como os brasileiros sempre desejaram”, escreveu Bolsonaro.

Ele postou ainda dizendo que se sente honrado em se hospedar na Blair House, local próximo da Casa Branca destinado a visitas de Chefes de Estado. “É uma honraria concedida a pouquíssimos Chefes de Estado, além de não custar um centavo aos cofres públicos. Agradecemos ao governo americano a toda respeito e carinho que nos está sendo dado”, disse.

Além de Bolsonaro, o local já recebeu os presidentes brasileiros Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso.

O avião presidencial decolou de Brasília por volta das 8h deste domingo. Antes do embarque, o presidente transmitiu o cargo ao vice-presidente General Hamilton Mourão.

Bolsonaro e o presidente norte-americano Donald Trump devem assinar na próxima terça-feira (19) o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas entre o Brasil e os Estados Unidos.

A medida vai permitir o uso comercial da base de lançamentos aeroespaciais de Alcântara, no Maranhão. Estima-se que, em todo o mundo, ocorra uma média de 42 lançamentos comerciais de satélites por ano.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
error: Conteúdo protegido !!