fbpx
Entretenimento

Colegas de figurante relatam descaso da Globo após morte do ator

A morte de Joseph Lima dos Santos, figurante da novela ‘O Sétimo Guardião’, da Globo, vem revelando novos desdobramentos. Um amigo pessoal e colega do ator, Nani Cardoso, usou sua rede social para protestar contra o que ele chamou de descaso da emissora após a morte, que teria acontecido durante as gravações da novela.

“Antes do almoço Joseph foi atendido pelos enfermeiros do Projac, que deram uma injeção pra dores musculares porque o figurante estava reclamando de dores no peito. Ele voltou para set de gravação. Logo após o almoço, retornou a gravação e o mesmo foi usado numa cena no ônibus. O colega morreu de infarto no local”,escreveu o colega de Joseph. 

O Yahoo procurou Nani Cardoso para que ele contasse mais detalhes sobre o ocorrido. Ele, que também é ator e já trabalhou em figuração de diversos produtos da Rede Globo, incluindo ‘O Sétimo Guardião’, contou que não estava na emissora no momento da morte do colega, mas que outros atores possuem um grupo no Whatsapp com ele, e que foi por lá que todos comentaram o ocorrido e se indignaram com a posição da emissora.

“Ninguém quer se pronunciar a respeito do que houve porque estão com medo de sofrer represálias, de ficar na geladeira”, disse ele, que enviou os áudios recebidos com colegas relatando o episódio.

Um outro figurante de ‘O Sétimo Guardião’ também foi procurado pelo Yahoo e confirmou que estava na Rede Globo no momento da morte e que o que seus colegas relatavam sobre o descaso era verdadeiro. Ele não quis se identificar.

Confira o relato do figurante em áudio no Whatsapp sobre a morte do colega: 

Desde que ele chegou de manhã, eu e a P. cumprimentamos ele, e notamos que ele estava muito suado. Até aí tudo bem. Um tempo depois ele disse que estava com dor no peito, isso umas 11h. Levaram ele no posto médico, ele disse que estava com dor, e o médico deu uma injeção para dor muscular. Aí ele voltou e fomos almoçar. Ele estava sem fome e com dor. Chamaram ele para gravar depois do almoço dentro de um ônibus, só com turistas. Ele passou mal, desmaiou, sentado no ônibus. E ali ele morreu“, contou um figurante no áudio.

Imediatamente levaram ele para o hospital e já deram como morto. Resumindo, ele teve o mau súbito no set de gravação, mas ele já vinha se sentido muito mal desde que chegou. A diretora, assistente, todo mundo cag.. pra isso e a gravação seguiu novamente. Quer dizer: Eu e você que está ouvindo esse áudio não valemos nada. Se você morrer no set de gravação, a gravação irá continuar. E eles continuaram como se nada tivesse acontecido ou como se tivesse morrido um cachorro que você encontra no canto ali. Essa é a mágoa que todos nós temos aqui“, continuou ele.

A senhora Rede Globo de televisão, imediatamente, tirou ele da gravação e o colocou numa maca para ir ao hospital, tudo para dar como óbito somente no hospital. O cara morreu trabalhando, numa cena de novela, simplesmente tiraram, mandaram para o hospital e a gravação seguiu normalmente, como se nada tivesse acontecido”, completou.

 

Yahoo

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.