DestaqueNotícias

Chuva faz mais uma vítima e deixa cerca de 300 pessoas desabrigadas em Conselheiro Lafaiete

A Prefeitura de Conselheiro Lafaiete, na Região Central de Minas Gerais, confirmou, nesta segunda-feira (27), mais uma morte causada pelas enchentes em Minas Gerais: Fábio Damásio, de 42 anos, foi encontrado já sem vida no Rio Piracicaba, próximo ao Bairro Mangueiras. Segundo a prefeitura, a vítima tem epilepsia, entrou em uma área alagada e era procurada desde domingo (26).

Em Conselheiro Lafaiete, exatamente 105 pessoas estão fora de suas casas, 293 desalojadas e 12 desabrigadas, conforme balanço da prefeitura. As vítimas desalojadas foram acolhidas e encaminhadas para a Escola Municipal Boa Vista, no bairro Santa Helena. O local também funciona como ponto de apoio para recebimento de donativos.

Outros três pontos também recebem as vítimas das chuvas na cidade: a Escola Municipal Nicanor Ataíde, no Bairro Mangueiras; a Igreja do Evangelho Quadrangular, no Bairro Dom Helvécio; e a Igreja Católica do Bairro Manoel Domingos, áreas mais atingidas pela cheia do Rio Piracicaba.

De acordo com o Executivo municipal, a prioridade agora é desobstruir vias que sofreram com desmoronamentos, deslizamentos e alagamentos. A cidade já decretou situação de emergência, que foi reconhecida pelo governo do estado.

Com o decreto, o município pode ter acesso aos donativos recolhidos pelo governo estadual, além de recursos do governo federal. No domingo, a União garantiu o repasse de R$ 90 milhões para os estados atingidos pelas chuvas, principalmente Minas e Espírito Santo.

Estado de Minas

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios