DestaquePolícia

Casal de policiais é vítima de tortura dentro de casa em MG

Um casal de policiais militares foi vítima de um ataque nesta segunda-feira (6), em Igarapé, Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais, após o ataque, foi integrada uma força-tarefa para solucionar o caso com a participação do Ministério Público, da Polícia Militar, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

Segundo informações das autoridades, os suspeitos invadiram a casa dos policiais com a intenção inicial de roubar a residência. Porém, quando perceberam que as vítimas eram PMs, começaram a realizar a tortura contra os dois.

Depois disso, os criminosos teriam dado tiros na cabeça dos policiais e fugido do local do crime usando o carro deles. Após a fuga, o grupo teria abandonado e incendiado o veículo em uma estrada. Os policiais foram socorridos por vizinhos, que pediram ajuda para que o casal fosse levado ao hospital.

Após o início das investigações, um dos suspeitos foi encontrado e se entregou à polícia. Em depoimento, ele informou onde achava que os outros envolvidos no crime poderiam estar. Ao chegar ao local indicado, a polícia encontrou resistência por parte dos suspeitos e houve confronto. Depois do confronto, um dos suspeitos foi preso e outros três acabaram morrendo.

Segundo informado pelo delegado Marcus Vinícius Vieira, esse tipo de ataque aos agentes de segurança “é uma afronta ao estado democrático de direito”. As investigações para a conclusão do inquérito policial continuam sendo feitas. Os dois suspeitos que foram presos deverão ser ouvidos nos próximos dias.

Yahoo

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios