Notícias

Casa popular alugada é retomada pelo Governo e doada para mãe de quatro filhos em Palmas

A Secretaria das Cidades e Habitação entregou na tarde desta quinta-feira (25) uma casa popular do Programa Pró-Moradia, na quadra 1.303, em Palmas, para Antônia Gonçalves Rodrigues.

A unidade habitacional foi retomada recentemente de outro beneficiário que descumpriu o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado quando recebeu as chaves da casa.

O termo firmado com o Governo do Estado proíbe, entre outros itens, a venda ou aluguel da unidade pelo prazo de 10 anos.

A nova beneficiária contemplada com a moradia é mãe solteira e possui quatro filhos adolescentes. A família de Antônia morava numa casa alugada.

Agradeço a toda a equipe da secretaria por isso. Eu acho que todos os contemplados nessa quadra têm que valorizar esse benefício e seguir as normas”, disse dona Antônia.

Pareceres técnicos comprovaram a ilegalidade do antigo proprietário da unidade. Em seguida, Antônia foi selecionada com a anuência da Defensoria Pública do Estado.

Nós temos mais alguns casos aqui, que estão sob monitoramento e a secretaria está fazendo esse mesmo trabalho”, disse o superintendente Hilton Pereira Lima.

Segundo o secretário Renato Assunção, o trabalho de fiscalização pós-ocupação das unidades habitacionais, por meio das equipes do serviço social, é muito importante. “A nossa secretaria vai continuar com o trabalho criterioso de pós-ocupação, através das fiscalizações e plantões sociais, para detectar aqueles imóveis que por ventura estiverem sendo desviados da finalidade que é a habitação para as pessoas mais necessitadas”, declarou.

Antônia Gonçalves Rodrigues abre a porta de sua nova residência

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios