Agronegócio

Cargill contrata mais de 170 novos profissionais mesmo em período de crise no país

Processo seletivo para estágio foi realizado às cegas e 100% virtual

A Cargill finalizou mais um processo seletivo para a contratação de estagiários para as suas unidades no Brasil. Ao todo, foram mais de 170 profissionais contratados mesmo em período de instabilidade econômica.

“Não desistir do nosso programa de estágio foi fundamental para mostrar o nosso apoio a todos nesse momento de grandes incertezas que estamos vivendo. E, com isso, nós também conseguimos agregar mais valor à Cargill, trazendo novos talentos e os preparando para o mercado de trabalho com os nossos programas de desenvolvimento interno”, explica Nathalia Sobral, gerente de Talent Acquisition da Cargill no Brasil.

Desde 2017, a Cargill vem apostando em um modelo inovador de processo seletivo. Feito virtualmente, o programa consiste em etapas que envolvem game de competências, teste de inglês e dinâmica com a consultoria. Além disso, para tornar as contratações ainda mais inclusivas, a companhia adotou o modelo de “currículo cego”, no qual além de não terem o conhecimento sobre a instituição dos candidatos, os gestores contratantes também não têm acesso ao nome, idade e gênero dos estudantes.

Além de ter a preocupação com o processo seletivo, a forma como esses novos profissionais serão recebidos também é desafiante. “Nesse ano, com a quarentena, decidimos seguir o recrutamento de forma totalmente online e o resultado foi muito positivo. Com a ajuda da nossa equipe de TI, RH e Gestores, já estamos também preparando tudo que será necessário para que eles consigam receber os equipamentos em casa, além de terem acesso aos treinamentos que realizamos com todos os funcionários assim que são contratados e serem gerenciados da melhor forma mesmo que remotamente”, explica a executiva.

Fonte
Cargill
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios