DestaquePolícia

Apreensões de drogas pela PRF crescem vertiginosamente durante pandemia em MG

Somente neste mês de maio já foram apreendidos quase sete tonelada de droga

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, as apreensões de drogas realizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) tiveram um crescimento significativo no estado de Minas Gerais. A maior apreensão foi de uma tonelada e meia de maconha em Congonhas no início deste mês de maio. A droga estava sendo transportada em um caminhão.

No período compreendido entre 11 de março até o dia 5 de maio, a PRF apreendeu, nas rodovias federais sob sua circunscrição em Minas Gerais, quase 14 toneladas de maconha (13.918 kg). O número surpreende quando comparado ao mesmo período em 2019, quando foram tirados de circulação 540 quilos do entorpecente no estado.

Outros entorpecentes também tiveram grande crescimento no volume de apreensões. A cocaína, por exemplo, saltou de três gramas apreendidas para mais de uma tonelada durante a pandemia. Desde 11 de março, a PRF apreendeu 1.158 kg da droga em Minas. A apreensão de crack saltou de 2,5 quilos para 26 quilos. Já o skunk (um tipo de maconha mais forte), que não foi apreendido nesta época em 2019, atingiu a marca de 73 quilos recolhidos durante esta pandemia.

Ao todo, 53 pessoas foram presas por tráfico de drogas, contra seis detidos em 2019.

Imagem e informações da PRF

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios