InternacionalNotíciasSaúde

Ao menos 14% dos 85,1 mil infectados por coronavírus na Espanha são profissionais da saúde

7.340 pessoas morreram pela doença no país; número de casos saltou de 78,8 mil no domingo para mais de 85,1 mil e já supera o da China.

As autoridades espanholas anunciaram nesta segunda (30) que quase 12,3 mil dos infectados pelo novo coronavírus no país são profissionais da saúde. O número é cerca de 14% do total de casos de Covid-19 no país ibérico, que superou as 85 mil confirmações. A Espanha já está no terceiro lugar no ranking de casos, superando a China e atrás apenas de Estados Unidos e Itália. (Veja tabela ao final da reportagem)

A Espanha é, ainda, o segundo país com mais mortos pela doença (7.340), atrás da Itália (10.779 mortos) e novamente à frente da China. Só nas últimas 24 horas foram 812 mortes por Covid-19, divulgou o Ministério da Saúde espanhol. O número é levemente menor que os dos últimos dois dias: no sábado (28), o país havia registrado 832 mortes, e no domingo (29), o número mais alto até então, com 838 mortes.

Países com mais mortes por Covid-19

País Mortes
Itália 10.779
Espanha 7.340
China 3.311
Irã 2.640
França 2.606
Estados Unidos 2.516
Reino Unido 1.228
Países Baixos 771
Alemanha 541
Bélgica 431

Nesta segunda, o número de infecções pelo novo coronavírus chegou a 85.195 na Espanha, 6.398 a mais do que as registradas até domingo, quando havia 78.797 casos. A quantidade de registros da doença na Espanha é a terceira maior do mundo – atrás de Estados Unidos e Itália.

Países com mais casos de Covid-19

País Casos
Estados Unidos 143.055
Itália 97.689
Espanha 85.195
China 82.156
Alemanha 62.435
Irã 38.309
França 40.723
Reino Unido 19.784
Suíça 14.336
Bélgica 10.836
Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios