DestaqueGeralNotícias

ALMG reconhece estado de calamidade pública por causa do coronavírus em 14 cidades sul-mineiras

São Gonçalo do Sapucaí, Três corações, Monsenhor Paulo e Careaçu estão entre elas

Nesta semana, em reunião remota, a Assembléia Legislativa de Minas Gerais deverá reconhecer o estado de calamidade pública de Três Corações e outros municípios. Na semana passada, em último decreto, a prefeitura de Três Corações decretou estado de calamidade pública.

A Assembléia Legislativa de Minas, já reconheceu o decreto de outros 14 municípios do Sul de Minas, São eles: Albertina, Andrelândia, Campanha, Careaçu, Córrego do Bom Jesus, Delfinópolis, Espírito Santo do Dourado, Maria da Fé, Monsenhor Paulo, Pratápolis, São Gonçalo do Sapucaí, Soledade de Minas, Três Pontas, Turvolândia.
A assembléia ainda aprovou na semana passada, um PL que determina o compartilhamento de informações sobre o total de leitos clínicos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Estado, bem como seu percentual de ocupação.

De acordo com o texto acatado, enquanto durar a pandemia, o Governo do Estado, por meio do órgão oficial competente, deverá divulgar, nos sites oficiais, diariamente, dados atualizados e consolidados por macrorregião sanitária, registrando: total de leitos clínicos e de leitos de UTI da rede pública e da rede conveniada com o Sistema Único de Saúde (SUS); total desses leitos destinados exclusivamente ao atendimento de pessoas com Covid-19 e a taxa de ocupação correspondente.

Mostrar mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios