cachaca_ouro_velho.jpg

Água será tema de "Reality" apresentado por varginhense na Bolívia Destaque

Água será tema de "Reality" apresentado por varginhense na Bolívia

Entre os dias 11 e 29 de janeiro, uma região pouco conhecida da Bolívia será o cenário de uma experiência inédita. Com o intuito de informar, desmistificar e de ilustrar por meio fotos, videos e pequenas reportagens que se transformarão em um videodocumentário, o autor de "Reality" e de guias de viagens Diego Gazola desvendará o território. Ele irá interagir, ao vivo por meio das mídias sociais, as suas vivências nesta expedição que terá início em Santa Cruz de la Sierra.

O "Reality" será compartilhado no link www.NascentesdaCrise.com.br e pela hashtag  #nascentesdacrise que redirecionam o público para os links das transmissões. O projeto é uma pesquisa baseada em dados científicos, porém busca também na espiritualidade o respaldo para questões ainda não esclarecidas; "Acredito na linha de pesquisa de alguns cientistas que abordam a influência da Amazônia na regulação do clima de grande parte da América do Sul. Também compactuo com a linha de pensamento que associa um gradativo e acelerado processo de desertificação em partes da região sudeste do Brasil em função do desmatamento e do avanço da fronteira agropecuária sobre a Grande Floresta. Em campo, busco dados e referências que permitam, eventualmente, narrar histórias que se associem com essa teoria", revela Gazola.

As principais fontes de pesquisas que balizam a condução do projeto são as dos cientistas Antonio Donato Nobre(INPE) do Brasil, do chileno Pablo A. García Chevesiche (Universidad de Chile), de Jhan Carlo Espinoza (IGP) e Waldemar Espinoza Soriano (historiador sobre os Incas), ambos do Peru.

Durante a primeira etapa, em 2015, o Reality explorou a região entre o Acre e o Peru onde a umidade amazônica "faz a curva" ao se chocar na Cordilheira dos Andes, seguindo rumo ao Centro-Sul da América do Sul, principalmente no verão hemisférico. O videodocumentário está disponível aqui: https://www.youtube.com/watch?v=l3dSeqklEZY.

Já a segunda etapa, produzida em 2016 abordou a região entre o Uruguai e a Argentina, na foz do rio da Prata, onde está a segunda maior foz de água doce da América do Sul, a qual recebe a quase totalidade das  águas drenadas do centro-sul da América do Sul. Na terceira etapa, em março de 2017, o deserto mais seco do Planeta foi estudado e já na primeira fase da quarta etapa, a porção mais setentrional da Amazônia foi explorada, onde na mesma latitude estão Brasília e Goiânia.

Para essa segunda fase da quarta etapa, o ponto de partida também será Santa Cruz de la Sierra, adentrando à Amazônia rumo a Trindad, San Ignácio de Moxos, Rurrenabaque e Coroico, subindo até os Andes. Já em La Paz, o sentido será o Lago Titicaca, onde teria emergido a civilização Inca. A série Nascentes da Crise é uma realização da Muda de Ideia. Mais informações em www.NascentesdaCrise.com.br

Sobre o viajante e produtor

Durante os últimos 13 anos, Diego Gazola viajou para todos os Estados brasileiros realizando pesquisas de conteúdo para guias de viagem da editora Empresa das Artes e para a Muda de Ideia. Em 2014 foi apresentador do reality Expedición RCN Brasil 2014 para a rede de TV colombiana RCN Televisión. Durante essa expedição, que seguiu de Bogotá até o Rio de Janeiro, teve a oportunidade de compartilhar diversas curiosidades deste roteiro de quase dez mil quilômetros rumo à Copa do Mundo. 

Desde 2015 desenvolve o "Reality VamosparaParintins.com.br" compartilhando experiências durante viagens com grupos à Ilha Tupinambarana em meio ao rio Amazonas durante o Festival de Parintins.  Participou das Conferências das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas: na Dinamarca (COP15), no México (COP16), África do Sul (COP17) e França (COP21).

Comentar usando o Facebook:

voltar ao topo
policia.jpg

logo sapuca

 

cia medica

Info for bonus Review bet365 here.

Whatsapp banner