Menu
gsx_holding.jpg

Fábrica de canos e tubulações projeta São Gonçalo no mercado nacional Destaque

Fábrica de canos e tubulações projeta São Gonçalo no mercado nacional

 

SulMinas Tubos está instalada em São Gonçalo e atua no segmento da construção civil

 

Natural de Turvolândia, Augustinho Flausino Pereira é ex-funcionário do extinto Banco do Estado de Minas Gerais – o Bemge, onde atuou por 20 anos. Trabalhou por muitos anos na cidade de Varginha, e a partir daí passou a percorrer diversas cidades da região, sendo convidado a gerenciar uma fábrica de tubos em Coqueiral. Afastando-se da empresa, onde até hoje mantém participação acionária, Augustinho resolveu abrir sua própria fábrica na cidade de Varginha.

 

Em 2007 recebeu o convite do então presidente da Câmara de São Gonçalo, e ex-prefeito, Dito Cunha. Tendo grande apreço pela cidade, o empresário atendeu ao desafio de Dito, que era abrir uma nova empresa em São Gonçalo; “Com uma estrutura de qualidade a empresa alavancou um crescimento gerando renda e empregos para o município”, comenta o empreendedor.

Pereira conta que atualmente o quadro de funcionários é composto por 32 colaboradores; “No começo éramos apenas seis funcionários, e hoje seria impossível trabalhar com esse quadro, pois as demandas são gigantescas”, comemora. Segundo Augustinho, no ano de 2012 foram comercializados pela SulMinas R$ 2.080 mi em tubos e equipamentos. Em 2013 o aumento foi de 44% nas vendas, e em 2014 de 80,7%. Apesar da crise econômica e recessão vivida pelo país, o empresário conta que a porcentagem não irá sofrer queda; “O mês de dezembro irá render”, confidencia.

A SulMinas Tubos fabrica tubos de PVC para redes hidráulicas e de esgoto, que servem para a infraestrutura de obras, aplicação na agropecuária, irrigação em geral. “Nossa empresa atende a diversos estados do país, em especial as regiões norte e nordeste do Brasil, além do centro-oeste, abrangendo Rondônia, Rio de Janeiro, Espírito Santo e o norte de Minas Gerais”, conta. “São Gonçalo está sendo representada no mundo através de nossa empresa, um ponto muito positivo para a cidade”, considera.

Por conta da crise mundial, Augustinho revela que o custo da matéria prima e transportes sofreram grandes aumentos, mas apesar disso, optou por não repassar esses valores para os produtos, a fim de garantir as vendas; “O ano de 2016 não vai ser de se esperar muita coisa, porque só vão surgir novos investimentos quando houver uma estabilidade”, responde o empresário ao ser questionado sobre a ampliação de seus negócios.

IMG 5145

Flausino mostrou maquinário utilizado em sua empresa, e conta que
sempre auxilia durante a produçãoMesmo tendo atuado como bancário por duas décadas, Augustinho faz questão de deixar o conforto do trabalho no escritório e se dedicas na linha de produção, ajudando os funcionários dentro da empresa. Quando da ideia de vir para São Gonçalo, Augustinho diz que aceitou de imediato, e que foi prontamente acolhido; “Recebi diversas propostas para instalar a fábrica em Botelhos, Monsenhor Paulo e outras cidades, mas optei pelo convite para São Gonçalo, do que não me arrependo”, garante. São oito anos vivendo em São Gonçalo, e Augustinho disse que nesse tempo percebeu muitas melhorias no município; “Foram melhorias em todos os polos, com investimentos de empresas de fora, aumento dos imóveis. São Gonçalo experimentou um avanço, literalmente, e continua buscando recursos para progredir ainda mais”, considera.

Para ele, a duplicação da Rodovia Fernão Dias, concluída há quase 20 anos, foi essencial para que São Gonçalo se tornasse um ponto estratégico. “A mesma está bem próxima das melhores cidades da região, como Pouso Alegre, Varginha, Três Corações, dentre outras de fácil acesso”, expõe. “Nossa empresa se instalou muito bem aqui, e volto a dizer: não me arrependo”, finaliza.

Última modificação emQuarta, 14 Junho 2017 17:50

Comentar usando o Facebook:

voltar ao topo

logo sapuca

 

Últimas Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
Prev Next
Info for bonus Review bet365 here.

Whatsapp banner