sapucanet.fw.jpg

Datafolha: Lula tem 31%, Bolsonaro, 15%, e Marina 10% Destaque

Datafolha: Lula tem 31%, Bolsonaro, 15%, e Marina 10%

Prisão enfraquece candidatura, que já teve 37% das preferências, mas Lula mantém liderança. Joaquim Barbosa tem 8% e Alckmin, 6%

A prisão de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) enfraqueceu sua candidatura à Presidência da República, é o que constata a mais recente pesquisa Datafolha, divulgada no início da madrugada deste domingo. Em janeiro, a mostra indicava que Lula tinha 37% da preferência dos pesquisados, na pesquisa divulgada hoje, que inclui o período de sua detenção na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, o petista registra 31% das intenções de votos no cenário mais favorável entre nove pesquisados.

Apesar da queda na pesquisa, Lula continua liderando a corrida ao Palácio do Planalto. O Datafolha traçou 9 cenários na corrida presidencial. Lula aparece em três deles e oscila entre 30% e 31%, na liderança, à frente do deputado Jair Bolsonaro (PSL), que varia entre 15% e 16%, e Marina Silva (Rede), com 10%.

No cenário com Lula, Joaquim Barbosa (PSB) aparece com 8%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 6%, Ciro Gomes (PDT) com 5%, Alvaro Dias (Podemos) com 3%, Manuela D'Ávila (PCdoB) com 3%, Fernando Collor de Mello (PTC) com 1%, Rodrigo Maia (DEM) com 1%, Henrique Meirelles (MDB) com 1%, Flavio Rocha (PRB) com 1% e outros, como Paulo Rabello de Castro (PSC) não pontuaram. Brancos e nulos somam 13% e não sabem 3%.

Nos outros seis cenários, sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Bolsonaro e Marina Silva aparecerem tecnicamente empatados. O deputado federal lidera com 17% e a ex-ministra oscila entre 15% e 16%.

Em todos os cenários sem o ex-presidente Lula, Ciro Gomes (PDT) alcança 9% das intenções de voto, empatado tecnicamente com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que varia de 7% a 8%, e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa (PSB), que oscila entre 9% e 10%.

Já o presidente Michel Temer (MDB), que revelou o desejo de concorrer à reeleição, aparece na mostra com apenas 2% das intenções de voto e o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, que deixou o PSD e migrou para o MDB, não passa de 1% das intenções de voto.

Na mais recente pesquisa Datafolha, divulgada no início da madrugada deste domingo, mostra que dois de cada três eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silvas (PT) deverão votar em quem ele apoiar nessa corrida presidencial, caso o petista fique impedido de disputar o pleito.

ausência de Lula como candidato do PT, o ex-prefeito Fernando Haddad registra 2% das intenções de voto e o ex-governador da Bahia Jaques Wagner tem 1%. Outros candidatos de esquerda que poderiam substituir Lula também registram desempenho pífio na atual pesquisa. Manuela D'Ávila (PCdoB) atinge 2% e Guilherme Boulos (PSOL) chega a apenas 1%.  

A nova pesquisa Datafolha, que foi feita entre quarta, 11, e sexta-feira, 13, teve como base 4.194 entrevistas em 227 municípios. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE sob número BR-08510/2018. (Elizabeth Lopes)

Comentar usando o Facebook:

voltar ao topo
policia.jpg

logo sapuca

 

Mais notícias nacionais

Morre no Rio cineasta Nelson Pereira dos Santos

Morre no Rio cineasta Nelson Pereira dos Santos

Morreu neste sábado (21), aos 89 anos, o cineasta Nelson Pereira dos Santos, um dos nomes importantes do Cinema Novo.

Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social no título

Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social…

Levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revela que, até a última semana, 1.465 travestis e transexuais hav...

Polícia fará reconstituição dos assassinatos de Marielle e Anderson

Polícia fará reconstituição dos assassinatos de Marielle e Anderson

Anúncio foi feito pelo secretário de Segurança, general Richard Nunes, durante cerimônia neste sá...

Fachin determina liberação de empréstimo de R$ 315 milhões ao Piauí

Fachin determina liberação de empréstimo de R$ 315 milhões ao…

A decisão do ministro foi motivada por uma ação protocolada na Corte pelo estado.

Comissão do Mercosul virá ao Brasil acompanhar caso Marielle

Comissão do Mercosul virá ao Brasil acompanhar caso Marielle

Nos próximos dias 10 e 11, uma diligência da Comissão de Direitos Humanos do Parlamento do Mercosul (bloco eco...

Em novo depoimento, Joesley liga Aécio a repasse de R$ 110 milhões

Em novo depoimento, Joesley liga Aécio a repasse de R$…

Em novo depoimento à Polícia Federal na última quinta-feira (19), o empresário Joesley Batista afirmou...

cia medica

Info for bonus Review bet365 here.

Whatsapp banner