sapucanet.fw.jpg

Prêmio de Direitos Humanos e Cidadania LGBT é entregue em Belo Horizonte Destaque

Prêmio de Direitos Humanos e Cidadania LGBT é entregue em Belo Horizonte

O Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (Cellos-MG) entregou o Prêmio de Direitos Humanos e Cidadania LGBT na noite desta quinta-feira (13), em Belo Horizonte. A premiação foi destinada a instituições e pessoas que se destacaram na defesa dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

“A gente não busca nenhum tipo de privilégio, nenhum tipo de direito a mais que os outros. O que nós queremos é o reconhecimento, o respeito, como cidadãos que pagam impostos e com direito de ir e vir", afirmou o diretor do Cellos, Gilberth Santos.

Santos lembrou diretos conquistados, mas que ainda encontram resistência de parcela da sociedade. "Uma pessoa trans ela tem o direito de usar o nome social que ela queira usar. Existe legislação para isso, mas infelizmente este direito incomoda outras pessoas que não tem nada a ver com aquele indivíduo, mas que não conseguem respeitar. Eu acho que a intolerância precisa ser revista na sociedade como um todo”, acrescentou.

O Cellos completou 15 anos de história e esta data foi estampada nos troféus. Apresentações artísticas foram promovidas durante o evento. Entidades e pessoas que estão na militância também se manifestaram.

“Falta mesmo é as pessoas nos respeitarem, entenderem que estamos em luta de nossos direitos”, acrescentou Joseli Souza, da Associação de Lésbicas de Minas.

“O trabalho é contínuo. A gente tem que estar reforçando e mostrando o papel da parada, que não é só diversão, é a militância que a gente põe nas ruas. E como colaborador e, hoje, ganhando uma premiação, me sinto honrado de fazer parte deste circuito”, disse o decorador Saulo Ximenes.

A 20ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte será neste domingo (16) com o tema "Famílias e Direitos". A concentração será na Praça da Estação, no centro, onde ocorrerá um ato político, além de shows e apresentações que envolvem a temática.

A premiação da última noite também contou com a presença do Núcleo Jurídico de Diversidade Sexual e de Gênero, da UFMG. “É importante que a mídia divulgue, que isso seja falado para se não esquecer que essas pessoas continuam sofrendo violência, continuam tendo que resistir, que o estado continua sento violento com ela. É importante que se firme este espaço de resistência”, falou Lívia Souza, membro do Diverso.

Fonte:G1 

 

Comentar usando o Facebook:

voltar ao topo
policia.jpg

logo sapuca

 

Mais notícias de Minas Gerais

Medalha da Inconfidência será concedida hoje a Marielle Franco

Medalha da Inconfidência será concedida hoje a Marielle Franco

A entrega do prêmio ocorre sempre em 21 de abril, morte de Tiradentes

Norma Maria, a mineira de 64 anos que deu à luz a primeira filha

Norma Maria, a mineira de 64 anos que deu à…

Ela realizou o seu sonho de mais de 30 anos: segurar em seu colo sua própria filha. E no próximo Dia das Mães...

Roupa feminina produzida em penitenciária de BH é destaque no Minas Trend

Roupa feminina produzida em penitenciária de BH é destaque no…

A marca alcançou o terceiro lugar do Ready to Go, disputa que identifica e premia os novos talentos do mundo da moda...

MEI's deverão entregar a Declaração do Anual do Simples Nacional até final de maio

MEI's deverão entregar a Declaração do Anual do Simples Nacional…

Em 2017, mais da metade dos Microempreendedores Individuais (MEI) mineiros não entregaram a Declaração do Anu...

Mineiros vencem 27º Prêmio Ernesto Illy

Mineiros vencem 27º Prêmio Ernesto Illy

Fazenda Potreiros que fica em Três Pontas foi um dos três primeiros colocados

Estado atrasa Transporte Escolar e já deve três parcelas de 2018

Estado atrasa Transporte Escolar e já deve três parcelas de…

O pesadelo dos prefeitos mineiros com os atrasos dos repasses do Transporte Escolar pelo Governo de Minas está de volta.

cia medica

Info for bonus Review bet365 here.

Whatsapp banner