Menu
cachaca_ouro_velho.jpg

Nutricionista indica os suplementos ideais para treinos aeróbicos Destaque

Nutricionista indica os suplementos ideais para treinos aeróbicos

O aeróbico sempre é a primeira opção para quem quer entrar em forma e reduzir a gordura corporal.

Além de vários benefícios à saúde, sabe-se que esse tipo de atividade aumenta a expectativa de vida e melhora a disposição. É comum que as pessoas recorram a suplementos para potencializar o exercício. Isso porque eles ajudam o corpo a estocar glicogênio, processo fundamental para ter um bom desempenho. Mas é preciso fazer a suplementação de forma correta, de acordo com a modalidade que você pratica e a intensidade e duração do treino. “É importante fazer uma avaliação individual, verificar o horário da prática de atividade física e da refeição realizada antes dela”, destaca Mariana Assad, nutricionista e parceira da LogFitness, plataforma de vendas de suplementos.”Para frequentadores de academia e praticantes de exercícios ao ar livre de até 1 hora, por exemplo, não é necessário ter uma suplementação durante ou após o treino”, exemplifica. A seguir, ela explica a indicação de alguns dos suplementos mais usados. Confira:

Maltodextrina:

Ela é recomendada para treinos de duração maior que 90 minutos, porque se trata de uma substância eficaz na manutenção da glicemia em níveis adequados, o que irá evitar a fadiga muscular. A maltodextrina pode ser substituída por maxy-waze e isomaltulose, carboidratos de baixo índice glicêmico Mas tome cuidado: por terem absorção mais lenta, eles podem causar desconforto gastrointestinal e prejudicar a performance durante o treinamento.

Beta-alanina:

Esse aminoácido melhora o desempenho de atletas de esportes de alta intensidade e que duram entre 1 e 5 minutos, como corridas de 800m e 1500m ou provas de natação de 200m e 400m. A substância também é interessante para esportes coletivos, em que os esforços de alta intensidade e curta duração repetem-se várias vezes. É o caso de modalidades como futebol, rugby e lutas. Para os ciclistas de estrada, que costumam fazer sprints quando estão próximos do final do treino, aumentando a intensidade da pedalada, a beta-alanina também está associada a uma melhor performance.

Cafeína:

Ela é responsável pelo aumento da frequência cardíaca e por criar um “estado de alerta”, o que contribui para um bom desempenho. Mas estudos têm mostrado que sua suplementação é mais eficaz em pessoas que não consomem diariamente a cafeína na forma de chá ou café.

Gel de carboidrato:

É possível ingerir esse gel ou fazer um bochecho com ele, principalmente se há desconforto gástrico durante o exercício. É uma boa opção para treinamentos com duração inferior a uma hora, porque estimula regiões do cérebro associadas à motivação e à recompensa, aumentando o rendimento. Ele não é indicado para prevenir que o músculo fique fatigado.

Comentar usando o Facebook:

voltar ao topo

logo sapuca

 

Últimas Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
Prev Next
Info for bonus Review bet365 here.

Whatsapp banner