Menu
gsx_holding.jpg

O queijo que anda

O queijo que anda

Nesses meus quase 50 anos de idade, já ouvi muita história estranha, casos que vão de assombração até disco-voador, de carro-de-boi fantasma até Saci Pererê e outras coisas do gênero.

Um conhecido meu, por exemplo, que é pessoa das mais sérias, jura por Deus que certa noite foi perseguido por um saci e atravessou um curral correndo literalmente por cima das vacas que estavam deitadas ali descansando. Meu avô dizia que o espírito de um empregado foi visitá-lo certa noite, sendo que o sujeito tinha morrido na tarde do mesmo dia. Em uma ocasião, jogando baralho com os amigos na roça, eu bebi tanto que vi um saleiro andar...

Mas nada do que vi e ouvi na minha vida me preparou para a história que escutei dias atrás - a história de um queijo que anda, contada a mim por um amigo recente. No começo pensei que não tinha ouvido direito, mas aí ele me contou o seguinte:

Um austríaco conhecido dele lhe ofereceu um pedaço de um queijo especial parecido com o gorgonzola - aquele repleto de mofo, que recebe fungos na maturação, criando bactérias atuantes no envelhecimento do produto.

São bactérias benéficas aos seres humanos, embora meu amigo tenha dito que o tal queijo tinha um cheiro de chulé inacreditável. O fedô dava até cãibra no nariz.  Segundo ele, mesmo assim o queijo era uma delícia.

Porém, tinha tanta bactéria no queijo que ele literalmente andava em cima da mesa, se arrastando... Fiquei encabulado. Bactéria tem perna? Muito estranho esse queijo. Como guardá-lo, se ele não pára de andar? Você está chegando em casa de noite e se encontra com o queijo atravessando a rua. Você estoca o queijo e ele foge. Cadê o queijo? Foi na procissão? Na romaria a pé até Aparecida? Foi fazer uma caminhada, dar uma corridinha? Brincar de pique? Seria esse queijo parente do Usain Bolt?

Meu amigo disse que nunca mais viu um queijo assim. Mas é claro. Afinal, o queijo saiu pelo mundo. Pode estar em qualquer lugar! Pode estar treinando para a olimpíada, sei lá.

Se você, leitor, encontrar esse queijo por aí, não se assuste. E por favor me avise, que eu repasso o recado para o meu amigo.

Frase da semana: “Se eu falo com Deus, estou rezando. Se ele fala comigo, estou enlouquecendo. Se eu conheço um queijo que anda, aí é caso de internação mesmo!” (Sandro Mendes)

Sandro Mendes (jornalista formado pela PUC de Belo Horizonte)

dengue 85x25 2

 

  

Comentar usando o Facebook:

voltar ao topo
objetivo.jpg

logo sapuca

 

cia medica

Info for bonus Review bet365 here.

Whatsapp banner