Menu
minas_brasil_tabacos.jpg

Por que no Brasil não há terrorísmo

Por que no Brasil não há terrorísmo

A Polícia Federal revelou que uma organização terrorista ordenou um atentado no Brasil. O Alvo da ação seria a estátua do Cristo Redentor, localizada no Rio de Janeiro, considerada por eles como “símbolo dos infiéis”.

A missão começou a sofrer embaraços quando a bagagem aérea foi extraviada; foram aconselhados a voltar no dia seguinte.  Apanharam um táxi pirata que os abandonou na Baixada Fluminense. Aí foram apanhados por três bandidos que os assaltaram. Conseguiram pegar carona em um caminhão até retornarem ao aeroporto. Enfrentaram um congestionamento, ficando parados na Avenida Brasil, onde seus relógios foram roubados em um arrastão.

Caminharam à pé até o aeroporto Tom Jobim encontrando os pilotos em greve. O tumulto foi geral e a Polícia Militar chega batendo em todos, inclusive nos terrorístas. Os Árabes foram acusados de tráfico de drogas mas, na confusão conseguiram fugir. Sujos, doloridos e mortos de fome, compraram num boteco sanduíches de churrasco com queijo. Tiveram intoxicação alimentar decorrente da ingestão de carne estragada. Tiveram que baixar no hospital. Foram atendidos por uma enfermeira mal-humorada  e  mal educada. Ficaram internados três dias.

Saem do hospital e chegam perto do estádio do Maracanã, onde o Vasco acabara de perder para o Bangú por 6x0. Foram confundidos com a galera adversária que lhes dá uma surra sem precedentes. Desesperados, decidem se embriagar na vida mesmo  que seja pecado. Conseguem carona para São Paulo. Adormeceram debaixo de uma marquise onde foram espancados quase até a morte por um grupo que mata mendigos.

Mais nesta categoria: « Chegando a velhice

Comentar usando o Facebook:

voltar ao topo

logo sapuca

 

Últimas Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
Prev Next
Info for bonus Review bet365 here.

Whatsapp banner